São Carlos, Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020

 

 

Notícias
 
 

Brasil e Argentina ampliam cooperação em ciência e tecnologia

 
 
  Fonte: Jornal da Ciência E-mail, 29/10/2004  
 
  Gustavo Sousa Jr, da Assessoria de Imprensa do MCT  
 
  Os ministros de C&T do Brasil, Eduardo Campos, e da Argentina, Daniel Filmus, assinam na próxima terça-feira convênio para implantação de dois programas de trabalho bilaterais, um na área de tecnologias da informação e da comunicação e outro sobre C&T para a inclusão social
Pela parceria, serão implementadas atividades para promover o intercâmbio de experiências, gerar novos conhecimentos e formar recursos humanos capacitados em cada um dos segmentos.
A solenidade de assinatura será realizada em Buenos Aires, durante a segunda reunião do Comitê-Gestor de Alto Nível, grupo constituído em fevereiro de 2003 para apoiar e orientar a cooperação científico-tecnológica entre os dois países.
Conferência
No dia 1º de novembro, os dois ministros participam da cerimônia de abertura da conferência sobre Ciência, Tecnologia e Sociedade, organizada pela SBPC e pela Associação Argentina para o Progresso da Ciência.
O evento que contará com a participação de cerca de 200 palestrantes e simbolizará o primeiro encontro de grande vulto entre as comunidades científicas dos dois países.
Brasil e Argentina já mantêm programas exitosos nas áreas da ciência, tecnologia e inovação, levando benefícios a toda a região.
Em 1987, foi criado o Centro Brasileiro-Argentino de Biotecnologia, experiência bem-sucedida que oferece cursos de treinamento e especialização, com a participação crescente de uruguaios e paraguaios.
O Programa Sul-americano de Apoio à Cooperação em Ciência e Tecnologia, criado pelo governo brasileiro como mecanismo de aproximação dos pesquisadores da América do Sul, vem contribuindo para a mobilização de cientistas em toda a região, em particular no eixo Brasil-Argentina.
A Plataforma Lattes de gestão informatizada de currículos, que permite o conhecimento e acompanhamento de grupos nacionais de pesquisa e dos recursos humanos no que se refere a doutores e pesquisadores em cada país, passa a operar também na Argentina.
Essa iniciativa será possível graças à transferência dos instrumentos aplicativos e da experiência desenvolvidos pelo CNPq, instituição vinculada ao MCT.

 

 
 
  <-- Anterior     Próximo -->     Voltar  
 
 

 

Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Rodovia Washington Luís, km 235 – Caixa Postal 147
CEP: 13565-905 – São Carlos, SP
Telefone: (016) 3351-9000 Fax: (016) 3351-9008
CNPJ: 66.991.647/0001-30    I.E.: 637.148.460.118
e-mail: fai@fai.ufscar.br