São Carlos, Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020

 

 

Notícias
 
 

Rezende quer mais pesquisadores na indústria

 
 
  Fonte: Site do MCT, 27/09/2005  
 
  Vera Canfran, da Assessoria de Imprensa do MCT  
 
  O ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, defendeu nesta segunda-feira (26) em São Paulo, durante encontro com empresários membros do Conselho Superior de Tecnologia e Competitividade da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), a presença de um maior número de pesquisadores nas empresas brasileiras. "Atualmente, a maioria dos pesquisadores, cerca de 73%, estão nas universidades e centros de pesquisa e apenas 11% nas empresas privadas. Isto é o reflexo das políticas industrial e de ciência e tecnologia que, de 1950 até 2000, foram desenvolvidas paralelamente, ou seja, foram construídas sem conexão", afirmou.
O ministro explicou ainda que hoje o governo federal tem programa de incentivo às empresas e pesquisadores sem o fechamento e o protecionismo dos anos 60/70.
Dentre os programas de apoio à inovação nas empresas coordenados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), estão o Programa Nacional de Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos (PNI), o Projeto Inovar, que contempla a Incubadora de Fundos INOVAR, o Fundo Brasil Venture, o Portal Capital de Risco Brasil, a Rede INOVAR de Prospecção e Desenvolvimento de Negócios e o desenvolvimento de programas de capacitação e treinamento de agentes de capital de risco.
Vale citar ainda o Juro Zero, cuja finalidade é estimular a capacidade inovadora das micro e pequenas empresas, por meio de financiamento de longo prazo e com juro real zero; e ainda o Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas (Pappe) que, em 2004, apoiou 540 empresas em 19 estados.
Ressalta-se também como ação direta do MCT a Lei de Inovação, atualmente em fase de regulamentação. A partir de 2006, a Lei institui uma modalidade de subvenção econômica direta às empresas, com vistas a promover e incentivar o desenvolvimento de produtos e processos inovadores em atendimento às prioridades da política industrial e tecnológica nacional.
Além de empresários, estavam presentes no encontro, coordenado pelo presidente do Conselho da Fiesp, Carlos Henrique de Britto Cruz; o presidente do CNPq/MCT, Erney Camargo; o secretário de Tecnologia e Inovação do MCT, César Gadelha; o deputado Júlio Semeghini - membro da Comissão de C&T da Câmara Federal; o presidente da Academia Brasileira de Ciências, Eduardo Krieger, e membros do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia.

 

 
 
  <-- Anterior     Próximo -->     Voltar  
 
 

 

Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Rodovia Washington Luís, km 235 – Caixa Postal 147
CEP: 13565-905 – São Carlos, SP
Telefone: (016) 3351-9000 Fax: (016) 3351-9008
CNPJ: 66.991.647/0001-30    I.E.: 637.148.460.118
e-mail: fai@fai.ufscar.br