São Carlos, Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020

 

 

Notícias
 
 

Sérgio Rezende à frente do MCT

 
 
  Fonte: Agência Fapesp, 13/07/2005  
 
   
 
  O engenheiro Sérgio Rezende é o novo ministro da Ciência e Tecnologia (MCT). A alteração foi comunicada nesta terça-feira (12/7), em Brasília, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante reunião ministerial.
Eduardo Campos, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), sai da Esplanada dos Ministérios e volta à Câmara dos Deputados. Desde fevereiro de 2003, Rezende, também do PSB, estava na presidência da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agência de fomento do governo federal que é ligada ao MCT.
Nascido no Rio de Janeiro, o novo ministro é professor do Departamento de Física da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Também no Recife, o engenheiro participou, em 1989, do movimento pela criação da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe). Ele foi diretor científico da instituição entre 1990 e 1993.
Rezende está na UFPE desde a década de 1970. Em 1972, foi um dos professores responsáveis pela implementação do Departamento de Física da universidade, hoje considerado um dos mais importantes do País. Formado em engenharia eletrônica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), o agora ministro fez seu mestrado e doutorado no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos. Membro da Academia Brasileira de Ciências, Rezende recebeu, em 2001, a Ordem do Mérito Científico.
Ainda no campo político, o novo titular do MCT ocupou dois cargos importantes em Pernambuco durante sua carreira nos últimos dez anos. Ele foi secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente entre 1995 e 1998 e secretário do Patrimônio, Ciência e Cultura da cidade de Olinda no período de 2001 a 2003. Mas o currículo de Sérgio Rezende não se resume apenas aos cargos políticos que ele ocupou.
No início da década de 1990, o então pesquisador participou de importantes projetos científicos dentro do grupo do professor Fernando Machado da UFPE. Esses experimentos foram responsáveis por descobertas importantes, como o fenômeno da magnetoimpedância gigante, hoje estudado em várias partes do mundo. As alterações magnéticas detectadas pelo grupo do Recife estão sendo usadas hoje, por exemplo, na montagem de sensores que servem, entre outras coisas, para a prevenção de vazamentos em dutos de petróleo.
Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (12/7), Eduardo Campos disse que volta à Câmara dos Deputados a pedido do presidente com a missão de continuar contribuindo com o governo. “Nosso papel na Câmara é de colaboração”, afirmou, por meio de nota divulgada pela assessoria de imprensa do ministério. A posse de Sérgio Rezende no ministério está prevista para a próxima terça-feira (19/7).

 

 
 
  <-- Anterior     Próximo -->     Voltar  
 
 

 

Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Rodovia Washington Luís, km 235 – Caixa Postal 147
CEP: 13565-905 – São Carlos, SP
Telefone: (016) 3351-9000 Fax: (016) 3351-9008
CNPJ: 66.991.647/0001-30    I.E.: 637.148.460.118
e-mail: fai@fai.ufscar.br