São Carlos, Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020

 

 

Notícias
 
 

Área de inovação conhece propostas de candidatos à presidência

 
 
  Jornal da Ciência, 09/09/2010  
 
   
 
  Evento promovido pela Anpei reuniu representantes de presidenciáveis para apresentar propostas para a área de C&T
Representantes da área de Ciência, Tecnologia e Inovação de partidos que disputam a presidência da República participaram nesta quarta-feira (8/9), em São Paulo, de um encontro promovido pela Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) para debater as propostas de CT&I elaboradas pelas candidaturas de José Serra, Marina Silva e Dilma Rousseff, para alavancar a política de inovação no país.

O PSDB foi representado pelo economista Geraldo Biasoto, que destacou o papel fundamental das empresas na área da inovação e a função da universidade para a geração de conhecimento e de ciência e na formação de mão-de-obra especializada, sem a qual não há inovação no setor privado.

O processo de desindustrialização no Brasil foi outro ponto levantado por Biasoto, que ressaltou a inovação como investimento necessário para a reestruturação do parque produtivo.

Pelo PV, o administrador Pedro Leitão explicou que o processo produtivo e de consumo terá que passar por um redirecionamento a fim de conseguir atender de maneira sustentável a demanda de 9 bilhões de pessoas no planeta em 2050. E, para isso, a inovação será fundamental.

Leitão ainda enfatizou que será necessária uma reformulação nos três níveis de ensino para conseguir suprir a falta de mão-de-obra especializada, especialmente, no setor de ciências exatas.

A ausência do PT no encontro foi justificada pela assessoria do partido em razão de um problema de saúde do representante designado. Porém, a coordenação da campanha do PT se prontificou a considerar as propostas da Anpei nas suas reflexões relativas ao programa de governo na área de CT&I.

Desenvolvimento

De acordo com Carlos Calmanovici, presidente da Anpei, a inovação é um pilar essencial da competitividade da indústria e um ambiente favorável à inovação, acompanhado de uma política pública que fomente, ainda mais, os investimentos na área, levará o Brasil a alcançar um nível de desenvolvimento sócio-econômico que seguramente o posicionará como um dos líderes mundiais nos próximos anos.

O evento foi aberto com a apresentação das sugestões e recomendações da Anpei para a implantação concreta de novos mecanismos voltados ao aperfeiçoamento do sistema nacional de inovação com integração dos atores relevantes do sistema e participação destacada do setor produtivo.

Entre as questões abordadas estiveram os incentivos nacionais, estaduais e municipais para o fomento à inovação, a criação de Fóruns Permanentes de Incentivo à Inovação, com a participação de representantes do meio empresarial e de todos os órgãos responsáveis pelas políticas públicas de fomento ao empreendedorismo e inovação, além de várias ações para a integração, em maior escala, de todos os agentes envolvidos com inovação, disseminação de conhecimento e empreendedorismo.

Na sequência, os representantes dos candidatos à presidência mostraram suas principais propostas. A parte seguinte consistiu em um painel de debates, com perguntas formuladas pelo público participante, composto por empresários e membros do meio acadêmico.

Por fim, a Anpei entregou aos representantes dos partidos um documento com sugestões e recomendações, elaboradas com a contribuição de mais de 500 participantes, em sua maioria composta por empresários e gestores de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, além de representantes de universidades, instituições científicas e tecnológicas e órgãos governamentais, durante dinâmica realizada na 10ª Conferência Anpei, em abril último, em Curitiba.

Assim, a Anpei espera contribuir com a importante reflexão de como posicionar o Brasil como uma Nação de maior destaque, elevando a competitividade e a densidade tecnológica de sua indústria e garantindo seu desenvolvimento econômico e social com geração de empregos, maior renda e agregação de valor. Além disso, a Anpei pretende resgatar o tema da inovação tecnológica colocando-o com a relevância que lhe é devida na atual campanha presidencial.
(Assessoria de Imprensa da Anpei)

 

 
 
  <-- Anterior     Próximo -->     Voltar  
 
 

 

Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Rodovia Washington Luís, km 235 – Caixa Postal 147
CEP: 13565-905 – São Carlos, SP
Telefone: (016) 3351-9000 Fax: (016) 3351-9008
CNPJ: 66.991.647/0001-30    I.E.: 637.148.460.118
e-mail: fai@fai.ufscar.br