São Carlos, Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020

 

 

Notícias
 
 

Brasil recua em ranking tecnológico

 
 
  Fonte: O Globo, 10/03/2005  
 
   
 
  Um relatório do Fórum Econômico Mundial, divulgado ontem, mostra que o Brasil perdeu sete posições em um ranking de países que se destacaram ao usar a tecnologia em seu desenvolvimento. O país aparece atrás de nações pequenas como Tunísia, Jordânia e Chipre, na 46 posição de uma lista de 104 países.
A terceira edição do estudo Global Information Technology Report 2004-2005 afirma que “com exceção do Chile, a América Latina sofre com poucas leis para o desenvolvimento do setor de tecnologia; grandes obstáculos administrativos e burocráticos; falta de priorização do setor pelos governos; baixa popularização da internet entre a população; entre outros fatores negativos”.
O país latino-americano em melhor classificação na lista do Fórum Econômico Mundial é o Chile, que aparece na 35 posição da relação, caindo três colocações em relação ao relatório anterior, de 2003-2004.
Fórum recomenda incentivo ao setor na América Latina
“Há um sério risco de que a América Latina fique para trás, à medida que governos e empresas em outras regiões estimulam parcerias para desenvolver o potencial das tecnologias de informação e comunicação como combustível para o desenvolvimento”, diz o relatório.
“Já existe um abismo considerável em relação à Europa, sem mencionar Cingapura, Taiwan, Coréia do Sul e Malásia. A não ser que os líderes políticos da América Latina criem alguma iniciativa para deslanchar tecnologias da informação e comunicação, países emergentes de outras regiões continuarão superando os latino-americanos”, informa ainda o relatório.
Por outro lado, Cingapura assumiu a liderança da lista, superando os EUA, que caíram para o quinto lugar. “O relatório define Cingapura como tendo a melhor performance mundial em várias categorias, incluindo qualidade do ensino de ciências, acessibilidade de tarifas telefônicas e de conexão com a internet”, diz o Fórum em sua página na internet.
O relatório informa que os EUA caíram para a quinta colocação após três anos de liderança da lista.
“No entanto, a queda no ranking se deve menos a uma redução do desempenho do setor do que aos esforços de outros países escalando posições na lista. Os EUA mantêm a liderança global no que se refere a ambiente favorável aos negócios, assim como em variáveis tais como qualidade de suas instituições de pesquisa científica e escolas de negócios”
A Tunísia subiu da 40 posição para o 31 lugar. Barein e Chipre entraram no estudo pela primeira vez este ano. Os países ficaram na 33 e 37 colocações respectivamente. Os cinco primeiros do ranking são: Cingapura, Islândia, Finlândia, Dinamarca e EUA.

 

 
 
  <-- Anterior     Próximo -->     Voltar  
 
 

 

Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Rodovia Washington Luís, km 235 – Caixa Postal 147
CEP: 13565-905 – São Carlos, SP
Telefone: (016) 3351-9000 Fax: (016) 3351-9008
CNPJ: 66.991.647/0001-30    I.E.: 637.148.460.118
e-mail: fai@fai.ufscar.br